7 selos underground pra quem acabou de chegar no underground

O underground é pra onde você vai quando quer ter poder de escolha. É um vasto mundo que resiste todo dia ao óbvio, um mundo que pega o que tem ou o que não tem e cria, recria, corta, recorta, cola aqui, cola ali, e consegue com frequência se sobressair com menos firulas e muita musicalidade. Afinal, no começo de tudo a música eletrônica era toda underground. Daí o caráter de resistência.

O caminho percorrido no underground é muito mais longo e imprevisível que o percorrido no mainstream, e por isso mesmo tem muito mais surpresas — muito mais mesmo. Só que o underground pode virar mainstream a qualquer momento, e é então que ele demonstra sua melhor habilidade: a de recriar-se e opôr-se a si mesmo. De novo e de novo.

Nós percorremos esse caminho todo dia, e não encontramos um fim. Mas sabemos do começo. Se você ainda está tímido ou meio por fora, este artigo é pra você. Vamos te contar rapidinho, pela superfície, quais são as 7 labels atuais que servem como uma luva pra te apresentar a esse mundo. Conheça:

Dirtybird

dirtybird selo de claude vonstroke

A Dirtybird é um ótimo selo porque todos os seus artistas seguem uma linha de som específica, e é tudo muito divertido, criativo e feito pra pista. Além disso, qualquer label que use o básico do seu bom senso pra tomar ações importantes ganha pontos com a gente. O chefão Claude Vonstroke é hoje um dos maiores influenciadores da cena.

Snatch! Records

snatch

Assim como na Dirtybird, os releases da Snatch! não foram feitos pra lugar algum a não ser pra pista. Outra coisa foda é o som “embaçado” das tracks, criando uma vibe meio retrô. É um estilo bem digerível que traz o que tem de melhor no house: o groove. Volkoder é um dos nossos brazucas assinados pela Snatch!.

Hot Creations

hot creations selo de jamie jones

O que acontece quando Jamie Jones e Lee Foss se juntam? Nasce uma das gigantes das labels. A Hot Creations tem apenas 5 anos e já é um sonho pra muitos produtores do eletrônico. Sua identidade visual também é bem famosa; cada capa de single/EP é uma puta obra de arte.

Innervisions

innervisions selo deep house techno

Criada há 10 anos, a outra gigante Innervisions é um segundo lar pro pessoal que procura aquele deep/tech de qualidade. Não poderia ser diferente vindo de uma label criada por Dixon e Âme, dois chefões do eletrônico. Acamar do Sandrino e do Frankey é uma das tracks mais viajantes do ano passado.

Toolroom

toolroom records famoso selo de música eletrônica

A Toolroom é trendsetter dentro do que o underground permite. Caras como Green Velvet, Prok & Fitch e Mark Knight são só alguns que fazem parte de lá. O melhor de tudo é que recentemente eles lançaram uma sublabel, a Toolroom Traxx, que traz um som diferente da marca-mãe.

LouLou Records

selo fonográfico do kolombo deep house e nu disco

Se você já ouviu todos os seus amigos falarem no Kolombo mas nunca soube o que é LouLou Records, então o trabalho com esse artigo valeu a pena. A LouLou é referência no som deep house meio indie que domina as pistas dos clubs por aí, e eles — o Kolombo e, duh, o Loulou Players — são apaixonados pelo trabalho dos brasileiros, que lançam tracks por lá com bastante frequência.

Suara

label de deep house criada pelo dj coyu

A Suara é viciada em gatos. Tão viciada que sua logomarca é uma bola de pelo e todas as capas de seus releases são fotos de gatos encarando você. Ainda assim, o ponto mais forte da label criada pelo Coyu é o som muito fino criado pelas dezenas de artistas da liga premium do deep ao techno.

Publicidade

Participe da conversa