Confira a festa de psytrance mais democrática do Brasil

Se alguma festa teve um ano produtivo em 2016, essa festa foi a Essential em Recife. Com duas edições de sucesso em 2016, a marca da Essential voltou a cair no agrado dos fãs do nordeste de música eletrônica, onde até é usada a hashtag #PadrãoEssential como referência ao diferencial oferecido ao público.

essential-1 Essential 13/AGO Foto: Produtora Reality

Na Essential, o público é rei. Logo após a segunda edição, em Agosto, a galera não ficou satisfeita por ser a última rave da marca no ano. E devido a isto os fãs criaram um evento teste no Facebook para não só levantar a hipótese de uma terceira Essential, ainda em 2016, como também ter a primeira de 2017.

A Produtora Juliana Cavalcanti levou em consideração o apelo dos grupos e condicionou a possibilidade da festa ao número de confirmados: 2 mil pessoas. Bom, a espera não levou muito tempo, a meta foi atingida em poucos dias e tivemos a confirmação: VAI TER ESSENTIAL RÉVEILLON SIM!

essential2 confirmação Essential Réveillon

Se do povo surgiu a ideia, por quê não perguntá-los sobre o valor dos ingressos? Sim, aconteceu algo inédito no mercado brasileiro: os fãs decidindo quanto vão pagar pelo evento. O valor do primeiro lote de ingressos virou enquete no evento. O público votou, e mais uma vez, a galera participou da construção do evento. O primeiro lote de ingressos da Essential ficou definido em R$120.

Assim que foi decidido sobre os valores, a ansiedade ficou por parte da espera das atrações. Pouco a pouco foram confirmando nomes bem conhecidos da cena eletrônica psicodélica mundial. E senhores, não sei o que dizer, só sentir. Vai ter GMS, Astrix, Vagus, System Nipel, Wrecked Machines, Querox, Labirinto e Aura Vortex como headliners e mais os djs Corps, Eletronic Pulse, Hypnose e Muribi representando a cena eletrônica local e nacional.

Mas ainda não satisfeita, - e devido a escassez de festas de música eletrônica no réveillon recifense - a Ju decidiu ouvir mais um apelo vindo do público e lançou o Essential Club, mais um palco para fazer a mente dos amantes da música eletrônica.

O palco integrará o Réveillon Essential e será voltado para os amantes do house e techno contando com apresentações dos projetos D-Nox e Luthier como headliners e Feemarx, Raw, Doubleminds, Eleva, Felipe Novaes, JV The Groove, Doc B e Romulo completam o line up.

O local não poderia ser nada menos que a casa da Essential, o Paraíso das águas, e senhores, não há lugar melhor para começar o ano do que esse lugar: um pequeno parque aquático que fica na beira da praia de Maria Farinha, coqueiros, pé na areia, visão do mar e música boa.

essential1 Produtora Reality

A Essential é uma festa foda porque é democrática e colaborativa, feita/pensada para e pelo público. Sim, a Juliana resolveu fazer diferente das demais produtoras. Ela resolveu escutar, optou pela interatividade com quem de fato faz a festa ser bonita.

Sempre utilizando seu perfil pessoal nas redes sociais, a Ju Cavalcanti, como é conhecida nos grupos de raves do Nordeste, sempre faz enquetes, video-chats, anúncios e levanta debates do que pode ajudar a melhorar a experiência do raver durante aquelas 20 horas de festa.

essential-1 Juliana Cavalcanti, Chefe da produtora Reality

Mas não pense que essa formula foi desenvolvida da noite pro dia. São mais de 10 anos produzindo festas de música eletrônica, sendo 6 anos - com direito a alguns hiatos - produzindo a Essential para vê-la chegar no que é hoje. Foram necessário duas edições de grande sucesso em 2016 para transformar uma festa já bem-vista no cenário em uma das mais amadas pelo público.

Graças a Ju, em 2016, nomes como Infected Mushroom, Vibe Tribe, Bizzare Contact, Zyce, Bubble, Paranormal Attack , Ace Ventura, Undercover e Blastoyz encantaram e celebraram junto com milhares de pernambucanos o amor pela música eletrônica.

essential Atilla Veras Fotografia

Fomos atrás dessa mulher TOP para para uma mini-entrevista. Dá uma sacada.

VINI: Ju, o que levou você a parar de produzir a Essential Party em 2011?

JU CAVALCANTI: Em 2010, eu comecei a entrar no mercado mainstream da musica eletrônica produzindo Armin Van Buuren. De lá pra cá, as portas deste novo mundo se abriram para mim onde produzi Guetta, Tiesto, Above and Beyond, Hardwell, Dimitri Vegas e Like Mike entre outros, foi um momento de focar na EDM de dar uma pausa no psytrance em busca de voos diferentes, mas nunca deixei de curtir e de acompanhar a cena o qual fui pioneira.

VINI: E você esperava esse retorno positivo do público com a volta oficial da festa ao calendário das raves recifenses em 2016?

JU CAVALCANTI: Eu acho que a repercussão positiva é fruto do trabalho que eu venho fazendo no mercado e do diferencial que existe nos eventos que produzo, procuro escutar muito o publico sempre me colocando no lugar deles.

VINI: Sobre essa sua decisão de se aproximar do público e faze-los participar da organização do evento, como você visualizou essa importância?

JU CAVALCANTI: Eu gosto de falar com as pessoas, gosto de vê-las felizes e poder proporcionar experiências únicas com artistas que marcaram a cena. É muito importante para mim saber que você esta sendo bem atendido e que tem uma estrutura confiável e de qualidade por trás disso. Aquele momento tem que ser o mais perfeito possível, pois bons momentos e recordações fazem nossa vida mais feliz.

14054149_720081444796357_6005848021793693437_n Click Prod

VINI: Sabemos que produzir festa é bem difícil, mas você faz isso muito bem. E com essa questão da interação com o público, em algum momento, infelizmente, não foi possível agradar ou atender aos pedidos dos frequentadores?

JU CAVALCANTI: Eu faço o que amo. Isso já ajuda bastante a fazer meu trabalho bem. Eu tento ao máximo atender a todos ou a chegar a um meio termo, mas tem muita informação que as pessoas não sabem e isso sempre é o mais difícil em uma produção, pois o "behind the scenes" é bem mais complicado do que aparenta ser.

Não é qualquer um que faz bem feito, por isso que dedicação e profissionalismo tem que ser o foco e não apenas o lado financeiro. Em alguns eventos você deve se sacrificar para que em outros você ganhe e tem que entender que é um plano de longo prazo onde a satisfação do cliente é o segredo do sucesso.

Vinícius Arcelino ♬♫♪◖(●。●)◗♪♫♬

Autor // Recifense, 24 anos. Eclético musicalmente. Adaptável quando estou com amigos. Amante das raves e do mundo psicodélico. Cerveja gelada, amigos, sorrisos e boa música pagam minha vida.

Publicidade

Participe da conversa