Nosso primeiro Stereo Mix é um presente aos houseiros de plantão

No começo, estava o Jack. E Jack tinha um groove. E desse groove vieram os grooves de todos os grooves. E um dia, jogando os grooves na sua caixa, Jack disse: "Faça ter house!" E assim, a house music nasceu.

Esses icônicos vocais de Chuck Roberts foram colocados em várias músicas nos anos 80, década em que o house começou. Can You Feel It do Mr. Fingers e My House do Rhythm Controll foram algumas delas. Apesar de o house ter evoluído e se ramificado um bocado desde aquela época, a sua base — como nosso querido Jack construiu — ficou: o groove.

Muita gente tem várias explicações para o que é o groove, mas é uma perda de tempo: o groove é um sentimento. O groove é a levada que você sente de fora pra dentro e de dentro pra fora quando está curtindo um som. É quando a música faz você se soltar pra dançar como se não tivesse ninguém em volta. Não precisamos saber explicar.

Inauguramos o nosso primeiro Stereo Mix, a coluna de sets especiais com a cara da Stereo Minds, com um set house – ou tech house, pra sermos mais específicos – que promete fazer você revelar esse espírito do groove que mora dentro de cada um de nós. Abrace a house music e tente não derrubar as coisas no quarto – ou não. Aperte o play e confira!

Publicidade

Participe da conversa